PROGRAMA NOVAS DE PAZ
De segunda à sexta | das 22:00 às 23:00. Acesse www.bezerrosfm.com.br.
Ore, divulgue e participe!

quarta-feira, 27 de junho de 2012

domingo, 24 de junho de 2012

quinta-feira, 21 de junho de 2012


VINACC realizará Encontro de Blogueiros Evangélicos na 15ª Consciência Cristã

Com realização entre os dias 06 e 12 de fevereiro de 2013, acontecerá em Campina Grande-PB a 15ª edição da Consciência Cristã, que terá como tema central a passagem escrita em Romanos 12.2a- "E não vos Conformeis com este Mundo".

Durante o Encontro acontecerão vários eventos paralelos que proporcionarão aos participantes uma programação ampla e diversificada. Em parceria com a UBE- União de Blogueiros Evangélicos- a VINACC anuncia que um destes eventos paralelos será o I ENBLOGUE- Encontro Nacional de Blogueiros Evangélicos, que receberá os seguintes preletores: Pr. Renato Vargens (ICNA/RJ), Drª. Norma Braga (IPB/CE), Pr. Carlos Roberto da Silva (AD/SP), Pr. Altair Germano (AD/PE), Valmir Nascimento (AD/MT) e Vinicius Pimentel (Voltemos ao Evangelho/SP).
Veja as temáticas que serão abordadas no I ENBLOGUE:
* “Entendendo a Blogosfera Cristã: A Gênese da blogosfera cristã: como tudo começou; A importância de existir uma blogosfera cristã; Como aumentar e melhorar a blogosfera cristã; A necessidade de qualificação dos blogueiros cristãos; Como potencializar a influência da blogosfera cristã?”

* “Blogosfera cristã: Ontem, Hoje e Amanhã: Princípios norteadores que devem reger a blogosfera cristã; A blogosfera cristã e o futuro da igreja brasileira; Qual a influência da blogosfera para a Teologia Cristã (Apologética e Cosmovisão). Blogosfera cristã: Focar o mundo, a igreja ou ambos?

* “Blogosfera cristã: Ontem, Hoje e Amanhã: Princípios norteadores que devem reger a blogosfera cristã; A blogosfera cristã e o futuro da igreja brasileira; Qual a influência da blogosfera para a Teologia Cristã (Apologética e Cosmovisão). Blogosfera cristã: Focar o mundo, a igreja ou ambos?

* “Do blog para a editora: como fazer posts se transformarem em livro: cases de sucesso”.
Dentro da programação do I ENBLOGUE acontecerá também aMesa de debates  “A realidade dos blogs e a nova liderança intelectual”. Qual de fato é o poder da blogosfera evangélica? E por que os líderes evangélicos devem investir ou apoiar blogs reconhecidamente evangélicos? - que terá a participação de Valmir Nascimento, Altair Germano, Carlos Roberto da Silva, Renato Vargens, Vinicius Pimentel e Norma Braga.
Outra novidade já divulgada pelos organizadores do Encontro, será, em parceria da VINACC com a UBE, o lançamento de mais uma obra da Editora VCP -Visão Cristocêntrica Publicações- O livro“Manual do Blogueiro Cristão”.
A supervisão do I ENBLOGUE será do Dr. Uziel Santana Dos Santos, e a coordenação de Wallace Sousa - um dos diretores da UBE.
*Para participar do I ENBLOGUE será necessário inscrever-se.

Clique no botão abaixo para realizar sua inscrição no valor de R$ 20,00 podendo ser pago no boleto ou cartão de crédito através doPagSeguro UOL.
*Para participar do I ENBLOGUE será necessário inscrever-se. Acesse o site da Consciência Cristã e faça já a sua inscrição.
postado por Marcos Fabricio

Alguns "Entre Aspas" Sobre O Casamento



De autores desconhecidos, temos abaixo algumas “pérolas” sobre o casamento. O que eles dizem não é regra, mas nem sempre é exceção. Como há humor nessas frases, veja o lado cômico, não o trágico.  


"Quando um casal recém-casado ri, todo mundo sabe por quê. Quando um casal com 10 anos de casado ri, todo mundo se pergunta ‘por que’" 

"Um marido diz para sua mulher: ‘Não, eu não odeio sua família. Aliás, gosto da sua sogra muito mais do que da minha’" 

"Um homem de sucesso é o que ganha mais dinheiro do que sua mulher consegue gastar. Uma mulher de sucesso é a que consegue encontrar um homem desses"
            

“As mulheres sempre se preocupam sobre as coisas que os homens esquecem; os homens sempre se preocupam sobre as coisas que as mulheres lembram”
            

"Maridos e esposas não entendem um ao outro porque são de sexos diferentes" 

“Não discuta com a sua esposa quando ela estiver dobrando seu paraquedas”
 
"O problema do casamento são as diferenças de expectativas: a mulher acha que o homem vai mudar após o casamento, enquanto que o homem acha que a mulher não vai mudar após o casamento"


Pr. Dário José

sexta-feira, 15 de junho de 2012


O "Debate" de Demêncio e Convidados



Demêncio muito atrasado chega ofegante à casa da “irmã” Fan Átika, local escolhido para o “debate”.  Estão presentes na residência apenas três “debatedores” sentados à mesa:  Discordêncio, visivelmente irritado, olhando o tempo todo para o relógio, Cristiano Orto, que calmamente espera  e Fan Átika, a anfitriã, que  de repente  fica de joelhos  e começa a orar em voz alta: 

- Oh, Deus! Meu Deus, me dá sabedoria para eu saber falar hoje... Prove para todos que tu és na minha vida... Mande anjos para nos guardar...
Demêncio, bruscamente interrompe sua oração:

Ismã  Fanlática num é hora de orar, levanta mulé... Istamos pra cumerçar o debate...

Os dois sentados à mesa, Cristiano Orto e Discordêncio, se entreolham sem nada entenderem. De repente, chegam Eloquêncio e Farisêncio. Os dois, coincidentemente, viajavam num mesmo avião. Eloquêncio vem cumprindo uma exaustiva “agenda”, pregando todos os dias em várias cidades do Brasil e faz um mês que não vê a esposa nem os filhos.  Farisêncio, também não é muito diferente, pois para propagar a sua "visão sacerdotal de Arão” e a “visão apostólica de Pedro”, tem viajado do Oiapoque ao Chuí, e até para fora do país, junto às suas igrejas da “Obra Sacerdotal Apostólica”.   Demêncio os recebe e já começa a reclamar:

-  Istamos atrasados para o “debate”... Vamu cumeçar! Mas Fan Átika interrompe, dizendo:

-  Vamos orar...precisamos de proteção... Mas é interrompida também, por Eloquêncio:

-  Meus diletos e denodados irmãos, se faz necessário orarrrrmos! Ontem eu preguei numa cruzada para 3 mil pessoas e foi uma bênção! Minha voz está rouca,  mas ainda tenho forças para orarrrr: Amantíssimo, Grandíssimo, Infinito e Portentoso Deus, que estás no mais elevado dos tronos. Na tua auspiciosa presença nos encontramos...  Depois de alguns minutos de oração, Demêncio toca nele e diz:

-  Pur favor, hoje num é dia de circo de oração... Vamu cumeçar o debate?  Todos sentam, menos Demêncio, que começa  a “discursar":

- Na carta do apostu Paulo, II dos Corintuscapitu 3 e velso 6, diz: "O qual nos habilitou para semusministros de uma nova aliança, não da letra, mais do ispírito , proque a letra mata, mais o ispiritovivifica". Eu convoquei vocêis hoje aqui, proque preciso mi defender. Sempre que digo que, hoje na Nova Aliança, num faiz  mais necersário  lemos a Bibla, sou muito criticado. Mais, com essi velsícuque li, o apostu Paulo (e não eu) prova que “as letra da Bibla mata”. Essa é a ‘arma’ que falei que tem matado muita gente .  Discordêncio ergue a mão, pedindo a palavra:

- Por favor, está havendo um grande equívoco aqui. A interpretação do texto citado, foi  feita de maneira totalmente errada. Feriu as regras da hermenêutica bíblica!

- Hermeu...O que?  Tá vendo, essi aqui “as letra” já matou-lo todinho.  Interrompe Demêncio,  visivelmente irritado.

- Morto está você! Não sei o que vim fazer aqui... Desabafa Discordêncio. O “debate” segue sem sucesso. As trocas de insultos entre Demêncio, Discordêncio e Fan Átika tomam proporções inimagináveis... Os demais só permanecem em silêncio... Até que, de repente, Farisêncio toma a palavra:

- Meus irmãos amados, vamos viver em paz! Todos nós temos direito de pensarmos diferente. Não importa, nosso Supremo Pai ama a todos. Bem... Daqui a pouco, terei que me retirar porque tenho que “ungir” amanhã, novos “apóstolos”, “sacerdotes” e “sacerdotisas” em outro estado do nosso país.  De repente o telefone de Eloquêncio toca, que avidamente atende:

- Alô! Oh, abençoado... É de Deus! Eu estava pensado em você... E aí, quando vou pregar na sua igreja? Como? Três noites? Faço um preço camarada, ‘coisa de crente’... Cada noite são 2 mil. Olha... Estou numa reunião, depois te ligo.

Cristiano Orto, que até o momento estava calado, pede a palavra:

- Meus caros irmãos, principalmente você, irmão Demêncio, estou aqui porque quero ser útil em alguma coisa. Vejo que não chegamos a lugar algum agindo assim, com essas discussões infindáveis.  A Bíblia é um instrumento de aprendizagem, conforme diz o apóstolo Paulo na sua II carta a Timóteo, capítulo 3, versículos 14 a 17. O que encontramos neste texto  é que o cristão precisa unir a aprendizagem  com o crescimento  espiritual. Esse crescimento é o que chamamos de maturidade.  Paulo também nos diz que a aproximação da Palavra nos torna sábio, e que , estudando-a, nos tornamos habilitados (capacitados) para o desenvolvimento do nosso ministério (serviço) no Reino de Deus.

Todos permanecem em silêncio, Cristiano Orto continua:

- O texto que o nosso irmão Demêncio nos trouxe (II Coríntios 3.6), dizendo que a “letra mata”, quero esclarecer que não são as ‘letras da Bíblia’ que matam, mas a força da Lei que veio através de Moisés e que condenava a todos, conforme o versículo 7, do mesmo texto que Paulo chama de “ministério da morte”, contrastando com o “ministério do Espírito”, como expõe o versículo 8.

- Bem, aconselho a todos vocês a lerem e estudarem o capítulo 3 (II Coríntios), para entenderem todo o texto, e não apenas um versículo, para não criarem pretextosfora do contexto. Deus abençoe a todos! Tenho que ir.
Todos saíram sem argumentos, inclusive Demêncio.

Dário José, criador de Demêncio e demais personagens (Copyright)






Sola Scriptura!
Pr. Dário José

quarta-feira, 13 de junho de 2012


Suicídio à luz da Biblia

O que leva uma pessoa a tirar sua própria vida ? Seria o desespero, angustia , conflitos psicológicos? O certo é que, qualquer que seja o motivo não justifica tamanha crueldade contra o maior de todos os dons de Deus; a vida.

Deus é o doador da vida e somente ele é quem pode tirar no tempo que ele achar necessário e oportuno, portanto nínguem tem o direito de tirar a vida de ninguém e muito menos a sua, pois constitui-se num ato de covardia e fraqueza. 

O caso aconteceu  numa festa de casamento, realizada em um condomínio de classe média alta, na estrada de Aldeia, em Camaragibe (PE), terminou em tragédia na madrugada deste domingo (19). O noivo, de 29 anos, matou a noiva, de 25, e o amigo e padrinho. Em seguida, ele atirou contra a própria cabeça.

Um outro convidado também foi ferido pelos disparos, mas não corre risco de morrer. Os noivos tinham se casado no civil na sexta-feira (17). A festa, para 200 convidados e que só terminaria com um café da manhã, foi presente da família da noiva.

De acordo com o delegado do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) responsável pelo caso, João Brito, o crime foi premeditado. Eram cerca de 2h e a festa estava no auge, quando o noivo disse 'vocês vão ter uma surpresa'.

Em seguida, o noivo saiu e quando voltou começou a atirar.

Tudo indica, segundo o delegado, que arma estava escondida numa caminhonete que pertence ao pai do noivo, mas era usada por ele. A polícia não encontrou a arma.

Sem poder ouvir de imediato os familiares e convidados que testemunharam o crime, a polícia não levanta hipóteses para a tragédia, o que poderá ocorrer depois do depoimento das testemunhas. Informalmente, alguns familiares disseram ao delegado que os noivos estavam muito felizes.

A noiva e o padrinho morreram no local. O noivo ainda chegou a ser hospitalizado, mas teve morte cerebral na manhã deste domingo (19).

Este ato de fraqueza e covardia é condenado pelas Escrituras Sagradas  de acordo com a Bíblia,  a pessoa que cometeu suicídio estará no inferno por ter rejeitado a salvação através de Cristo. A Bíblia menciona quatro pessoas específicas que cometeram suicídio: Saul (I Samuel 31:4), Aitofel (II Samuel 17:23), Zinri (I Reis 16:18) e Judas (Mateus 27:5). Cada um deles foi homem vil, mau e pecador. A Bíblia vê o suicídio do mesmo modo que o assassinato – e assim o é – um auto-assassinato. Cabe a Deus decidir quando e como a pessoa morrerá. Tomar de assalto este poder em suas próprias mãos, de acordo com a Bíblia, é blasfémia contra Deus.Que Deus nos ajude.

Por que Deus Permite Os Espinhos ?



O espinho é uma saliência (protuberância) rígida, delgada e aguda, do caule ou das folhas de algumas plantas. De forma figurada, espinho pode significar dificuldade, embaraço, tormento, sofrimento. Quando se diz: “Não há rosas sem espinhos”, se quer dizer não há alegria completa; não há perfeição absoluta...

Deus poderá permitir nas nossas vidas “espinhos”, que terão propósitos específicos, servirão como um “grito” à nossa consciência! Mesmo que não os entendamos a princípio, serão “suportáveis” através da graça (II Co 12.7).

O hino abaixo (letra, música e poesia), diz tudo:

Espinhos
Grupo Logos

Senhor Jesus eu não entendo o espinho,
Mas se a cruz é o fim deste caminho,
Dá-me mais graça.
Não sou maior que meu Senhor,
Apenas servo sou,
Apenas servo e nada mais.

Se as pontas aguçadas da coroa,
Te feriram, ó Cabeça!
Eu que sou corpo,
Parte do teu corpo,
Não devo reclamar.

(CORO)
Dá-me mais graça Senhor!
Dá-me mais graça!
Passa os teus dedos nos meus olhos
Vem me consolar.
Dá-me mais graça Senhor!
Dá-me mais graça!
Faz-me em Cristo outra vez,
Ser, mais que vencedor. 

Senhor Jesus, ainda não entendo o espinho,
Mas, se o mesmo
Faz parte da tua cruz,
Eu o aceito, não sou maior
Que meu Senhor
Apenas servo sou,
Apenas servo e nada mais.

Senhor se estou por ti sendo provado,
Eu quero aprovado ser
Agora sei o que tens a dizer,
E creio nisto também,
Basta-me a graça.

Fim (faz-me em Cristo outra vez,
Faz-me em Cristo outra vez,
Faz-me em Cristo outra vez,
Ser mais que vencedor! Um ven... ce......dor, em Cristo!

Ahhhhhhhhhhhhhhh...





Sola Gratia!
postado pelo Ev Marcos Fabricio
retirado do blog do Pr. Dário José

PORQUE CRITICAMOS MAIS QUE ELOGIAMOS?


 Você já observou que há uma forte tendência em nós de criticar. Criticamos muito elogiamos pouco. 

Ouça os discursos dos políticos, dos jornalistas, as conversas em grupos, nas salas de estar e principalmente na sua igreja. Isto é resultado da inveja dos valores que outros possuem e de uma tristeza que brota quando os outros são elogiados.

No nosso meio surgem aqueles que se tornaram cristãos supercríticos. Não tem a capacidade de notar qualquer valor em pessoas, instituição, projeto, situação e por isso superenfatiza os aspectos obscuros e feios dos tais, sem perceber que há as facetas nobres e valiosas em qualquer um. Tais supercríticos se regozijam em expor as falhas e imperfeiçoes dos outros.

Todo critico tem sua auto estima em baixa, são pessoas não amadas que nega seu próprio valor e se deixa assombrar por sentimentos de insuficiência e inferioridade, se preocupando demais com o valor dos outros porque estes valores ameaça sua existência.

Para os tais a exaltação dos outros é vivenciado como ataque pessoal. Quando qualquer colega é apreciado, ficam transtornados e irritados.

Os críticos não conseguem à noite, ao deitar, trazer a sua memoria as experiências agradáveis e belas do dia, em vez disso, dorme enfatizando incidentes e situações que desaprovaram.

Uma boa forma de vencer o espírito  crítico é substituir a crítica por palavras de apreciação, de motivação ou por elogios.   Enquanto a crítica machuca e entristece, a palavra de afirmação pode gerar vida e  é capaz até de curar um doente. "As palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida" (João 6.63). "Há palavras que ferem como espada, mas a língua dos sábios traz a cura. Provérbios 12:18


"Um conferencista compareceu ante o auditório superlotado, carregando consigo um pequeno fardo. Após cumprimentar os presentes, em silêncio, enfeitou uma mesa forrada com toalha branca de seda, com dezenas de pérolas que trouxera no embrulho e com várias dúzias de flores frescas e perfumadas. Em seguida apanhou na sacola diversos enfeites de expressiva beleza, e os distribuiu sobre a mesa com graça. Logo depois, diante do assombro de todos, em meio aos demais objetos, colocou uma pequenina lagartixa, num frasco de vidro.
Só então se dirigiu ao público perguntando:
-       O que é que os senhores estão vendo?
-       E algumas vozes responderam discordantes:
- Um bicho!
- Um lagarto horrível!
- Uma larva!
- Um pequeno monstro!
O conferencista então considerou:
- Assim é o espírito da crítica destrutiva, meus amigos! Os senhores não enxergaram o forro de seda branca que recobre a mesa. Não viram as flores, nem sentiram o seu perfume. Não perceberam as pérolas, nem as outras preciosidades. Mas não passou despercebida aos olhos da maioria, a pequena lagartixa...
E, sorridente, concluiu:
- Me pediram para subir a este palco para falar sobre crítica, portanto, nada mais tenho a dizer."
tirado da fonte pr Dario jose

A AD Em Abreu e Lima Muda Os Logotipos Dos Seus Departamentos

Toda marca (logotipo) sofre “desgaste” ao longo da sua existência, necessitando de adequação com o tempo. Pensando nisso, o Pr. Roberto José dos Santos, presidente da IEADALPE e da COMADALPE, acatou de bom grado a proposta dos pastores Dário José e Isaac Luiz (idealizadores e executores do projeto), em mudar (e evoluir) as marcas dos Departamentos da AD Abreu e Lima - PE.
Pr. Isaac Luis                             Pr. Dário José
A proposta foi apresentada e aprovada na reunião do Ministério, no Templo Central, dia 13 de abril. Veja abaixo as explicações sobre mudanças e como ficou as logos:
COMADALPE (Convenção de Ministros da Assembleia de Deus com Sede em Abreu e Lima – PE). Teve uma pequena modificação na chama (fogo) sobre o mapa de Pernambuco (a Expansão em todo Estado), que sai a partir da cidade de Abreu e Lima, onde começou a Igreja em 1928. A pomba é símbolo do Espírito Santo; o sol, a claridade da vida cristã; a Bíblia, a base doutrinária da Igreja.
CEADALPE (Campanha Evangelizadora da Assembleia de Deus em Abreu e Lima – PE). Seguiu a ideia anterior, mas com os seguintes componentes: dois ramos de trigo (o alimento espiritual); a Bíblia aberta de onde sai o Caminho da salvação, sobre o globo terra, o alvo da pregação do Evangelho.
COADALPE (Círculo de Oração da Assembleia de Deus em Abreu e Lima – PE). Temos uma elipse em volta (lembrando o círculo), com o texto “Súplica” e “Ação de graças”. Dentro, uma mão que se ergue suplicando, mas, ao mesmo tempo representa também o Espírito Santo (simbolizado pela pomba), que nos ajuda nas nossas orações. Há também a chama (fogo), símbolo do pentecostalismo.
COIADALPE (Círculo de Oração Infantil da Assembleia de Deus em Abreu e Lima – PE). Traz a figura de duas crianças (um menino e uma menina) sendo protegidas por mãos que cuidam. A Bíblia, abaixo, aponta para ensino doutrinário ministrado a essas crianças.
CRACEADALPE (Campanha de Recuperação aos Caídos do Evangelho da Assembleia de Deus em Abreu e Lima – PE). Segue a ideia original da primeira marca, mas com algumas modificações. Uma mão puxando alguém que se encontra afastado dos caminhos do Senhor. Há um ramo de trigo (o alimento espiritual) e a Bíblia, a única regra de conduta e fé que todo cristão precisa.
CROMADALPE (Conselho dos Regentes dos Órgãos Musicais da Assembleia de Deus em Abreu e Lima – PE). O novo logo destaca a figura de um maestro regendo coristas com partituras, tendo o pentagrama com clave de sol e notas musicais os evolvendo.
DEJEADALPE (Departamento Juvenil Evangélico da Assembleia de Deus em Abreu e Lima – PE). A nova marca traz três pictogramas representando adolescentes, que estão com a Bíblia em primeiro lugar (base doutrinária), tendo a sua retaguarda a figura do globo (o mundo, a quem deverão influenciar e não serem por ele influenciado).
EBD (Escola Bíblica Dominical da Assembleia de Deus em Abreu e Lima – PE). O logo da EBD tem a sua volta uma elipse, que remete à ideia da difusão da Escola Dominical em todo o mundo. Dentro da elipse, temos pictogramas pessoas de faixas etárias diferentes, que frequentam a EBD. Temos também a Bíblia aberta com a lição que sai de dentro dela.
EDIADALPE (Escola do Discipulado da Assembleia de Deus em Abreu e Lima – PE). No novo logo da EDIADALPE, foi mantida a ideia original. Temos dois pictogramas: o professor ensinando a Bíblia enquanto apóia o aluno. Por trás, temos um quadro que lembra uma sala de aula. 
ELADALPE (Encontro de Líderes da Assembleia de Deus em Abreu e Lima – PE). Temos no logo dessa Comissão de Liderança, o pictograma da figura de um líder repassando ensinamentos a outros líderes, tendo como base a  Bíblia desfolhada.
FATEADAL (Faculdade Teológica da Assembleia de Deus em Abreu e Lima – PE). A elipse por trás representa o alcance do ensino teológico. A Bíblia, a base doutrinária. Chamas (fogo), visão e linha pentecostal.
SEMADALPE (Secretária de Missões da Assembleia de Deus em Abreu e Lima – PE). Globo, missões transculturais; Trigo, alimento espiritual para o mundo; mapa do Estado de Pernambuco sobre o mapa do Brasil com a chama (fogo) saindo de Abreu e Lima, de onde, em 1974 foi enviado o primeiro missionário para Moçambique; a Bíblia, a Palavra pregada às nações.
UEMADALPE (União das Esposas de Ministros da Assembleia de Deus em Abreu e Lima – PE). Temos neste logotipo uma figura feminina (uma mulher com os braços abertos adorando) e, ao mesmo tempo, uma flor, que aponta para a sensibilidade e a delicadeza da mulher.
UMADALPE (União da Mocidade da Assembleia de Deus em Abreu e Lima – PE). Temos neste logotipo os rostos perfilados de quatros jovens: dois rapazes e duas moças, que tem a palavra de Deus como base (a Bíblia); que tem uma alimentação espiritual sadia (o trigo); que vivem no mundo, mas não são influenciados por ele (o globo).
CLADADALPE (Comissão de Libras da Assembleia de Deus em Abreu e Lima – PE). Este logo traz a ideia de uma porta aberta, que aponta para a oportunidade que é dada aos deficientes auditivos de poderem se comunicar. A porta e a luminosidade formam a letra “L”, de Libras (Língua Brasileira de Sinais).
CABEDALPE (Curso de Aperfeiçoamento Básico da Escola Dominical da Assembleia de Deus em Abreu e Lima – PE). Este logo tem a lição bíblica desfolhada (conteúdo de ensino) com pictogramas do corpo docente da EBD (os que repassam o ensino).
postado por Ev. Marcos Fabricio

domingo, 10 de junho de 2012

FAZER TATUAGEM É PECADO ?O QUE VOCE ACHA VEJA A LUZ DA BIBLIA E TIRE SUAS DUVIDAS

EV.MARCOS FABRICIO: EU CONFESSO QUE É UM ASSUNTO MUITO POLEMICO MAIS FICO COM AS PALAVRAS DO PR.CIRO QUANDO EM SUAS PALAVRAS ELE DIZ QUE , Em nossos dias há um grupo de evangélicos que não têm a Bíblia de fato como lâmpada para os seus pés e luz para o seu caminho (Sl 119.105). Alguns dizem ter a marca da promessa; outros afirmam que crente que tem promessa não morre; e outros gostam da caixinha de promessas. Enfim, vivem em função das promessas! Não descobriram que a Bíblia não é apenas um Livro de promessas; ignoram os seus mandamentos eprincípios.

A bem da verdade, alguns grupos ditos evangélicos até dizem seguir aos mandamentos da Palavra de Deus. Mas ignoram por completo os princípios bíblicos. E estes são fundamentais para responder a perguntas difíceis como a sua. Aliás, muitos jovens já me perguntaram se o crente pode usar tatuagem. E eu lhes repondi: “Pode!” Mas, antes que falassem mais alguma coisa, acrescentei: “O crente deve fazer tatuagem?”

É claro que não encontramos na Bíblia um mandamento do tipo “Não farás tatuagem”. É é isso que os crentes liberalistas abraçam. “Já que não há mandamento contrário à tatuagem, então podemos tatuar livremente o nosso corpo”, afirmam. Que engano! Eles ignoram por completo o fato de que a Palavra de Deus contém princípios, pelos quais o Senhor controla todo o nosso viver. E os princípios, diferentemente dos mandamentos, são gerais. Não há especificidades neles, mas por meio deles sabemos se a tatuagem, por exemplo, combina ou não com a vida cristã.

Há muitos princípios na Palavra de Deus. O livro de Provérbios apresenta vários. E em cada livro da Bíblia eles estão entremeados a mandamentos e promessas (e às vezes embutidos neles). Somente um crente desejoso de andar segundo a Bíblia se dá ao trabalho de encontrá-los e passar a segui-los no dia-a-dia. Quer exemplos? Leia Lucas 9.23; Romanos 12.1,2; 1 João 2.15-17; 1 Coríntios 6.12; 10.23,31; Filipenses 4.8; 1 Tessalonicenses 5.22; e Hebreus12.1.

Em que os princípios contidos nas passagens acima se relacionam com a pergunta em apreço? Primeiro, ser cristão implica renúncia ao “eu”, à própria vontade. Quem segue a Cristo deve ou não abandonar efemeridades como tatuagem, piercing, etc.? Segundo, vida cristã implica não amar o mundo nem o que nele há, tampouco conformar-se com a sua filosofia. E “mundo” aqui denota “o modo de viver das pessoas ímpias” ou “o sistema dominado por Satanás”. A tatuagem é própria desse mundo que tem o Diabo como príncipe.
Terceiro, temos livre-arbítrio, pois todas as coisas nos são lícitas, mas nem todas nos convêm ou edificam. Nesse caso, eu posso, mas não devo fazer tatuagem. Quarto, tudo o que fazemos deve glorificar a Deus. Como pretendo fazer isso tatuando o meu corpo? Qual é a fama da tatuagem? Confronte-a com o princípiocontido em Filipenses 4.8, de que devemos atentar para o que é de boa fama. Diante dos princípios da Palavra de Deus já mencionados, não há dúvida de que a tatuagem não combina com a vida cristã, ainda que não haja um mandamento expresso condenando-a.

Quinto, é impossível glorificar a Deus por meio de tatuagens, pois não devemos apenas evitar o pecado. Oprincípio contido em 1 Tessalonicenses 5.22 mostra que devemos evitar também a aparência do mal. E existem pecados e embaraços, como vemos em Hebreus 12.1. E estes podem se tornar piores do que pecados expressos mediante mandamentos. Alguém insistirá em dizer que não há mandamento quanto à tatuagem... De fato, mas para que servem osprincípios?

Não há mandamentos sobre pecados novos. (É claro que a tatuagem já existe há muito tempo, mas não como é usada nesses tempos pós-modernos.) O Tentador é criativo. Já pensou se a Bíblia tivesse mandamentos expressos para todos os tipos de pecados? A Bíblia seria muito maior. Daí Paulo valer-se, em Gálatas 5.21, da expressão “e coisas semelhantes a estas”. Mas não há dúvida, à luz dosprincípios da Palavra de Deus, que o Senhor não se agrada de pecados como fazer tatuagem, “ficar”, comprar CD e DVD 
“pirata”, fazer down-load de livro sem a permissão do autor e da editora, prática comum na Internet...
RET .DO BLOG DO PR.CIRO

quarta-feira, 6 de junho de 2012


TEMA: O JOVEM CRISTÃO E OS PRAZERES
retirado do blog pr.Elis clementino

TEMA: O JOVEM CRISTÃO E OS PRAZERES
“Alegra-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade. Anda pelos caminhos do teu coração, e pela vista dos teus olhos, mas sabe que por todas estas coisas te trará Deus a juízo. Afasta, pois, a ira do teu coração e remove da tua carne o mal, porque a adolescência e a juventude são vaidade.” (Ec 11.9,10).

Introdução
O ser humano vive em busca de tudo aquilo que lhe causa prazer, felicidade ou satisfação, mas vale ressaltar que a busca por esse prazer deve ser bem conduzida e ajuizada. Uma vida mal administrada pode lhe custar amargura, solidão, e desespero na velhice. O vigor da juventude pode vir a ser um grande obstáculo para a vida cotidiana e espiritual. A vida deve ser vivida de maneira arguciosa, e seu potencial a disposição de Deus, não desperdiçando em atividades aleatórias de forma que os seus hábitos se tornem ruins e insensíveis a voz de Deus. (Ec 12.1).

1. Verdades que os jovens precisam saber
1.1. Observar a palavra de Deus (Sl 119.9);
1.2. Certeza da prestação de conta a Deus (Ec 11.9);
1.3. Autocontrole (Lm 3.27; Gl 5.13);
1.4. Ter cuidado com o poder da influência pessoal (I Tm 4.12);
1.5. Seriedade (Tt 2.6,7);
1.6. Saber que a força moral é superior a física (Pv 20.29;I Jo 2.13,14).

2. Os pecados da juventude resultam:
2.1. Herança triste (Jó 13.26);
2.2. Enfermidade e morte (Jó 20.11);
2.3. Memórias amargas (Sl 25.7; Ec 11.9);
2.4. Vergonha e arrependimento (Jr 3.25, 30).

3. Relacionamentos
3.1. Familiar, os filhos devem ter afeto aos pais, obedecê-los e cumprir os seus deveres (Pv 1.8; 6.20; 7.1; 23.22; Ef 6.1; Cl 3.20; Ex 20.12; 27.16).

3.2. Interpessoal, selecionar boas amizades:
3.2.1 Más Associações
a) Apostasia (1 Rs 11:2).
b) Corrompimento (1 Cor 15:33).
c) A ira divina (2 Cr 19:2; Ed 9:14).
d) Vergonha dos pais (Pv 28:7).
e) Miséria e sofrimentos (Nr 33:55; Ex 23.33; Sl 106. 34-36).
f) Morte (Jz 16.30)

3.2.2. Profissional
O relacionamento profissional é imprescindível na vida do homem, pois através deles adquirimos conhecimentos, oportunidades e, sobretudo a “amizade” e companherismo.

3.2.3. Amoroso deve acontecer de forma natural, reconhecendo o seu estimado valor, ou seja, não pode ser banalizado. O namoro cristão deve ser compatível com os padrões divino, envolvendo a santidade entre ambos. Hoje no vocabulário de muitos jovens não se namora, usa-se um flerte, um namoro ligeiro e sem compromisso, isso acontece frequentemente entre jovens e adolescentes, muitos buscam o sexo sem compromisso, sem que haja um senso de responsabilidade. Infelizmente a mídia promove o sexo como se fosse uma mercadoria, “tudo” gira em torno do sexo, nas embalagens, nos outdoors, no turismo, tem-se o sexo como objeto de atração como se todo o sucesso de um país, uma cidade, um bairro girasse em torno dele. Entretanto existem coisas mais preciosas na vida, o sexo é apenas um complemento.

4. Sexualidade é uma característica geral experimentada por todo o ser humano e não necessita de relação exacerbada com o sexo, uma vez que se define pela busca de prazeres, sendo estes não apenas os explicitamente sexuais. A noção de sexualidade como busca de prazer, descoberta das sensações proporcionadas pelo contato ou toque, atração por outras pessoas (de sexo oposto) com intuito de obter prazer pela satisfação dos desejos do corpo. O contexto influi diretamente na sexualidade de cada um. Muitas vezes se confunde o conceito de sexualidade com o do sexo propriamente dito. É importante salientar que um não necessariamente precisa vir acompanhado do outro. Cabe a cada um decidir qual o momento propício para que esta sexualidade se manifeste de forma física e seja compartilhada com outro indivíduo através do sexo, que é apenas uma das suas formas de se chegar à satisfação desejada. 

Considerações Finais
O jovem cristão deve compreender a sexualidade de forma concisa, sem, contudo, levar como ponto de partida o sexo, e entender que o relacionamento amoroso cristão é diferente, pois implica cumprir todas as etapas (namoro, noivado e casamento), à luz da palavra de Deus. A sexualidade é importante, porém o sexo deve ser experimentado no tempo certo, caso contrário, o jovem sofrerá as devidas consequências.

CONHEÇA A MESA DIRETORA DA CGADB



MESA DIRETORA – 2010/2013

Presidente
Jose Wellington Bezerra da Costa, SP


1º Vice-Presidente
Oscar Domingos de Moura, ES




2º Vice-Presidente
Ubiratan Batista Job, RS


3º Vice-Presidente
Sebastião Rodrigues de Souza, MT


4º Vice-Presidente
Gilberto Marques de Souza, PA


5º Vice-Presidente
José Antonio dos Santos, AL


1º Secretário
Isaias Lemos Coimbra, RJ


2º Secretário
Arcelino Vitor de Melo, SC


3º Secretário
Antonio Dionizio da Silva, MS


4º Secretário
Isamar Pessoa Ramalho, RR


5º Secretário
Roberto José dos Santos, PE


1º Tesoureiro
Josias de Almeida Silva, SP


Secretário-Adjunto
Cyro Mello

ASSSISTA ESSES VIDEOS E VEJA COMO TUDO COMEÇOU E HOJE SOMOS QUEM SOMOS PELA GRAÇA DE DEUS


AVIVAMENTO RUA ZUZA


AVIVAMENTO NA RUA ZUZA


O AV. NA RUA ZUZA CONTINUA


AVIVAMENTO NA RUA ZUZA VALE A PENA ASSISTIR E VER COMO TUDO COMEÇOU